RSS
Post Icon

Caldo de Estilo: Os diferentes estilos presentes na telinha em 2012

Dois "mile" doze, como os outros anos, não foi um ano diferente para indústria nacional do entretenimento, há não ser pelo sucesso da novela da empregada vingativa. Porém a proposta de pauta aqui não é ficar citando os índícesglobais da tevê e muito menos as estreias, ou o que rendeu e o que fracassou. O Caldo de Estilo que abrir uma série de reviews das personagens mais elegantes, chiques e com os looks que chegaram lá na frente; enquanto a nossa missão de meros mortais da massa é de babar e comentar, já que dificilmente vamos consumir... Então, vamos lá:

Melissa, Amor Eterno Amor (Cassia Kiss Magro)


Gente, essa mulher, o que é esta MOLHER?! É uma daquelas que
você só vai conseguir ser se você tiver uma puta de uma atitude, uma não, várias! Suas peças tem um pouco daquele retrô elegante, sim, vintage! E apesar da personagem não ser alguém tão de bem com a vida, ou solidária, a paleta de cores dizia totalmente ao contrário. Ousava em várias combinações de top e bottom: como em seus terninhos. Ou então com suas calças e seus macacões grandes e com muito caimento e tecidos nobres.

Em seu guarda-roupa não faltavam peças ousadas: couro, saias fendadas, vermelho, preto, transparência e muita meia calças ou "meia arrastão". E na estampa, muitos animais ou então optava por alguma de suas várias saias simétricas, geralmente listradas.


     

Melissa também arrasava nos seus acessórios: carteiras, pochetes, os chiquérrimos óculos redondinhos, maravilhosos cintos e a sensação dos maxi colares e também de pedras. Mas sua peruca, na verdade, perucas, eram as que mais se destacavam; isso quando não estava com o mega estiloso corte "joãozinho" grisalho, que era o a cabelo natural da personagem e inclusive, é o da atriz Cássia Kiss Magro. 
Já usou uma peruca loura, que digamos de passagem, caiu bem na atriz não?! Mas Melissa passou a maior parte da novela com sua peruca chanel, (que atualmente se chama corte "bob") que era super simétrico e dava um ar de suspense em sua caracterização.


Qualquer semelhança...
Maquiagem pouca, é bobagem. 
Alguns itens, como: batom, esmalte e até caneca, chegaram a ser uns dos mais buscados na loja online da globo.com.

Esmalte azul meio acizentado, é o Dove, da marca Zoya.


Seasoned Plum, da linha Longwear, da MAC.
Caneca, "Out, Damned Spot!"
Por fim, temos esta beldade que abriu a série do Caldo Review 2012. Continuamos amanhã. Quem será a próxima bem vestida a ser relembrada aqui? Dica: Ela não pode ser "relembrada" pois ainda está no ar!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

O significado da amizade no longa metragem Mary & Max

Mary Dinkles, uma menina de 8 anos e viciada em chocolates, vive em Meulborne: uma pacata cidade na Austrália. Com uma família conturbada; uma mãe alcoólatra e amarga e um pai completamente depressivo, a menina encontra em uma lista telefônica a chance de procurar uma outra realidade.
Max Horovitz vive no caos de Nova York, tem 44 anos, também adora chocolates e é só. Participa de encontros de pessoas obesas e está sempre a inventar novas receitas. Possui síndrome de Asperger, tem dificuldades de lidar com outras pessoas e, principalmente, com o raciocínio humano.
Mary resolve mandar uma carta para essa, até então, desconhecida pessoa. "De onde vêm os bebês" é o que a carta pergunta. E então, a amizade atravessa os dois continentes por vinte anos, percorrendo muitos assuntos durante o desenrolar da história.

Mary and Max explora pluralmente todas as possíveis divergências que um relacionamento pode trazer. Inclusive os conflitos individuais de cada personagem aparecem. Assuntos como: bullying, obesidade, alcoolismo, confiança, diferenças sociais, sexuais e religiosas e comportamento antissocial e claro, o significado da amizade, sem soar pessimista.

O filme, montado em massinha e rodado em stopmotion (bem ao estilo Tim Burton), mostra uma estética absurdamente triste e depressiva, se é assim que posso dizer. A animação, que não é literalmente animada, é de 2009 e foi e foi escrito e dirigido pelo premiado Adam Elliot(Harvie Krumpet, 2003) que, apesar de toda a sensação frustante que o filme pode passar, optou por enriquecer toda sua arte. O cenário é impecável e as personagens são encantadores, deixando as lágrimas não só rolarem lá na tela.



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Assista Florence + The Machine Live agora!

Passados dois anos, Florence e sua Máquina retornam ao Rivoli Ballroom com sua turnê do álbum Ceremonials, onde, da última vez, gravou o seu BOX dvd com um show do seu  primeiro disco "Lungs".
A BBC Radio 2 disponibilizou o live para stream e está sendo transmitido agora às 8:00 p.m. (6:00 p.m. no horário de Brasília), e você pode acompanhar toda a transmissão abaixo ou no link:

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Florence + The Machine anuncia novo single

Na última semana a página do F+TM Army, no Facebook, publicou qual será o novo single da banda. Lover to Lover será a próxima música de trabalho da Máquina:

Pra quem achava que a última aposta de divulgação seria Spectrum, se sentiu surpreso.
O single será liberado no dia 25 de novembro e o vídeoclipe foi filmado por Vincent Haycock, o mesmo diretor de "Sweet Nothing", música de Calvin Harris em parceria com Florence Welch.
Estamos anciosos!



UPDATE

Quem acompanhou a homenagem de Alex Turner em sua fantasia de Halloween?!


Florence está #chocada com tamanha criatividade!

"Mas ainda não é melhor que a minha, qrido.. #justsaying"
UPDATE 2 (19h44m)

O diretor, Vincent Haycock, publicou em seu instagram uma foto de Florence com o ator Ben Mendelsohn no set de gravação de "Lover to Lover".


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Regina Spektor lança videoclipe para "HOW"

Quando está para ser lançado um vídeo de Regina Spektor, sempre espero duas coisas: estética e emoção. É sempre incrível as condições que são usadas para unir vídeo e canção transformando em um casamento perfeito! "How" não foi diferente: Regina lança mão de referências dos anos 90 mas não perde a verdadeira sensação de sofrimento da música. Sim, um sofrimento direto. Ela ostenta no clipe um sentimento de solidão,  às vezes sofrendo em filtro P&B e ou às vezes resguardado, parecendo tocar seu inseparável piano.
Confira o vídeo abaixo:


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Lady GaGa libera nova música e agrada fãs

No começo do mês, mais aproximadamente no dia 06, Mama Monster fez um jogo no twitter onde os seus seguidores tentavam adivinhar trechos de uma track inédita por meio de um puzzle que ela mesma dava as dicas. No mesmo dia foi liberada a música "High Princess/Stache, uma parceria com o Dj Zeed.

Há quem diga que a música é só uma canção promocional, há quem diga que a música não é uma versão finalizada e estará, sim, no novo disco de GaGa, "ARTPOP".
Confira a nova música+letra abaixo:





Princess Die High
Princess High Die
Where’s my stache high?
Want to get high guy

I need my
Have you seen my
I can't find my

Where’s my stache?
Can you feed my love?
Cannabis
Can you feed my love?
Where’s my stache?

Where’s my stache?
Cannabis
High Princess

There’s no exam with Jean-Paul Sartre
Hope you don’t think my obsession is awkward

Princess High Die
Princess Die High
Princess High Die
Princess Die High

There’s no particular thing that I want
There’s no particular drug that I love
But when I can’t find my stache I give up
I need to deal with myself and get messed up

Where’s my stache?
Can you feed my love
Cannabis
Can you feed my love?

Where’s my stache?
Where’s my stache?
Cannabis?
High Princess
Where’s my stache?

DJ Zedd
And turm, turn it up

Let’s party, let’s get messed up
Let’s get messed up
Let’s get messed up
You’re so messed up
Psychotic music head

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Ellie Goulding se apresenta na Semana de Moda de Paris

Na última semana a cantora Ellie Goulding se apresentou na Semana de Moda de Paris na Glamour Soirée e no seu repertório o sucesso "Starry Eyed" e duas tracks do seu novo álbum "Halcyon", "Anything Could Happen" e "I Know You Care", sendo que a última é a música tema do tristinho filme com Dakota Fanning, "Now is Good".

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Tecnologia do Blogger.